Fazendo biocombustível com o reflorestamento de desertos | Finança

Produção de biocombustíveis no reflorestamento de desertos

O que é biocombustível?

Biocombustível é um nome genérico para vários tipos de combustíveis feitos de biomassa. Por serem renováveis, são uma alternativa para combustíveis fósseis. Os estoques de combustíveis fósseis são limitados e não renováveis. Existem diferentes formas de biocombustíveis, a saber: sólidos, líquidos e gasosos. Biocombustíveis líquidos e gasosos são obtidos de biomassa sólida, como plantas mortas.

Produção de biocombustíveis

Em certas áreas, apenas árvores de crescimento rápido podem ser plantadas para obter biocombustível. Se precisamos plantar árvores para biocombustível, não é ético utilizar terras férteis, pois elas são  necessárias para a produção de alimentos. Mas, o plantio de árvores para biocombustível em terras, que hoje estão erodidas, não prejudica a cadeia de produção alimentar e é, portanto, moralmente aceitável. Pode até servir como ocupação e trabalho para populações atualmente pobres que dificilmente conseguem extrair um rendimento de seus solos degradados. Várias técnicas estão sendo desenvolvidas para destilar e produzir biocombustível a partir de árvores ou nozes, de uma maneira ecologicamente segura. Também é possível obter alcatrão de refugos da indústria de processamento de madeira, podendo ser destilado em várias formas de biocombustível. Dessa maneira simples, se obtém disponibilidade de combustível doméstico para a população local.

Vantagens dos biocombustíveis

Ao serem plantadas para biocombustível as árvores sequestram o CO2 do ar durante o seu ciclo de vida. Isto é uma parte importante na redução da concentração de CO2 e muito importante para tentar minimizar a mudança climática. Adicionalmente, 70% menos fuligem e partículas são emitidas na combustão de certos biocombustíveis.

Desvantagens dos biocombustíveis

Uma das desvantagens dos biocombustíveis é o uso de fertilizantes que podem ser necessários para o crescimento das árvores. O uso excessivo de fertilizantes pode causar emissões de óxido nitroso (N2O), um gás de efeito estufa muito mais potente que o CO2

A produção de biocombustível pode ser feita com o reflorestamento de desertos ou áreas erodidas

Carvão

Também é muito interessante produzir carvão de árvores plantadas. Se produzirmos carvão de árvores da natureza, estaremos adicionando CO2 na atmosfera. Se, no entanto, plantarmos árvores para produzir carvão não adicionaremos extra CO2: as árvores decompõem o CO2 e ao transformá-las em carvão para cozinhar ou aquecer, adicionamos a mesma quantidade de CO2 na atmosfera. Dois terços da humanidade ainda cozinham e se aquecem com carvão que, se produzido de árvores plantadas, resulta numa maneira muito mais limpa de cozinhar e aquecer do que queimando combustíveis fósseis que lançam milhões de toneladas de CO2 na atmosfera.

Conclusão

  • Carvão vegetal de árvores plantadas é um berço ao berço solução
  • Os combustíveis fósseis não são um berço ao berço solução e deixar a concentração de CO2 aumenta na atmosfera

Com o Groasis Waterboxx® e o Growboxx® plant cocoon, agricultores  – quase sem posses e vivendo em solos empobrecidos  – podem plantar suas próprias árvores para produção de madeira usada como alternativa para o aquecimento doméstico ou para cozinhar. Esta solução integrada, hoje acessível para milhões de pessoas pelo emprego do Waterboxx® e do Growboxx® plant cocoon, nos ajudará a reduzir a poluição de CO2.